Todo 6 de agosto…

Incontáveis cachos de doçura levavam comprimentos em voltas a debruçar pelos ombros de menina entre os olhos redondos de lua, uma princesa em uma terra distante. Se eu pudesse, abraçava com toda a gigantesa do céu com as estrelas. - era esse nosso código, nossa brincadeira de fadas. Mais um aninho, e a princesa fica... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑