De uma busca sem idade

Se aquela menina curiosa se debruçar mais um tantinho a olhar assim ao fundo do universo dos sentidos, lá aonde os olhos convergirem encontrará um todo grande pequenino... e pode ser que dê um susto de quentura e pode vir a sentir o peito combusto... Mas bom mesmo vai ser se cair ali inteirinha: acorda... Continuar Lendo →

a densidade das impermanências

tempo é uma fita (sim, dessas ultrapassadas e ainda assim usadas) uma fita irrebobinável ___ e mesmo que se saiba (grande besteira se supor saber algo) que segue a frente em continuidade . . . a questão é: não queimar a gravação (sim, o play é o tempo presente) -e amanhã? isso: irrebobinável .

Blog no WordPress.com.

Acima ↑