a densidade das impermanências

tempo é uma fita

(sim, dessas ultrapassadas e ainda assim usadas)

uma fita irrebobinável

___

e mesmo que se saiba

(grande besteira se supor saber algo)

que segue a frente em continuidade

.

.

.

a questão é:

não queimar a gravação

(sim, o play é o tempo presente)

-e amanhã? isso:

irrebobinável

.

5 Respostas para “a densidade das impermanências

  1. O tempo pode ser irrebubinável, mas nós podemos mudar em nós o que em tempos atrás foi ruim. A vida, todos os dias nos propõem nova jornada, e as experiências contidas na jornada é o que nos faz caminhar rumo a evolução.

    Beijo no seu coração.

    Danni

  2. fada linda dos sábios dizeres e poderes:

    “o tempo é nossa única posse”

    a frase (do domingos) que me acompanhou depois daquilo tudo…
    beijos mil de quem está muito bem
    e não, não tive vontade de bater em momento algum.
    apenas de te dar um abraço enorme.

    o farei, assim que o tempo dele vier.

    eba!

    ah, lá vai o poema inteiro:

    O tempo é nossa única posse.
    Para não perdê-lo é preciso agir.
    Pensar não é agir.
    Falar só é agir quando alguêm ouve.
    Cantar é agir.
    Mesmo que ninguém ouça.

    beijos!!!

  3. Venho pouco aqui – ando indo pouco a todos os lugares – mas gosto muito. E quando venho, gosto sempre mais.

    Beijo enorme.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s