dissoluta

O mundo é dos brutos e não vim para conquistá-lo(s). A brutalidade é velha surda, que mastiga a dentes cegos a realidade. Em nada me interessam os personagens, os que fantasiam egos ou mal usam espadas.   Por ser nua de vaidade me confundem, e o tanto de poeira levam no peito atrita a leitura das verdades: erguem... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑