confidência de romanceiro

Morangos vermelhos pra língua

na saliva dos sabores escolhidos

entre dez dedos de toques macios.

O  inverno dos quereres bem-vindos:

sem vento de desafino

a brisa é colcha de pele dos amores.

 

Assim…

ninguém precisa de chocolate

– escolha é a arte da colheita.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: