cada ser no seu humano

- há sempre uma caixa coberta por poeira no alto do armário que guarda a libertação dos entendimentos dentro. Convém não ser alérgico a sujeira para vencer as superfícies... Uma moça jardineira me confessara seu erro-acerto-segredo: décadas de caminhos circulares pela selva, com a placa a porta de sua caverna: sejam bem-vindos; e todo tipo de sombra... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑