dedoliscadezas

Nem um dedo de peso enraizando ao chão nenhum senão nenhum medo fechando os dedos da mão... pois tempo não tem cabelo e idéias não ampuletam os dias e não há forma de vaso robusto-fino que retenha o amor: onda gosta de beijar a beira, correr todo o oceano tocar o horizonte sem guardar memória e... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑