compassos

O silêncio é malha fina,

coberta de brisa sem bainha

que acolhe, aquieta, guia

o vôo do porvir sem querência de linha

no quando em que a vida cadencia

o tecido do simples é.

Encontros sãos

são paz de dentro

aonde só o silêncio enxerga

as casas dos botões da fé.

Então o silêncio rende

o embalo da rede

em que se sacia a falta de sede

por já se ser

curso d´água, lenha pra asa, estrada,

música de mar sem beira.