Quanto mais ou ainda…

Quanto tempo ainda levaremos para desapegarmos da frágil necessidade dos discursos, dessa fala repetida, batida, cansativa de teoria, com paetês de intelectualidade, repleta de nós de gravatas mentais, limitada, apertada, fechada? Quanto tempo ainda levaremos precisando fazer clichê o não clichê, para esconder a intolerância às diferenças, para nos adaptarmos com moda às métricas? Essas... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑