De um em par

Viver é um exercício de amizade, consigo e com os pares.  Par pareado lar pareia, De par por par a gente se calça e ergue as botas  que ao mundo alça o vôo único ao um de volta. Viver é um calçado de amizade que consigo não há borda nem falta.

insights itinerantes 02

Do verbo compartilhar: com partilha, limites e espaços são bem-vindos. E para quem não sabe compartilhar? Sem partilha, umbigos sozinhos. Para quem escolhe amar: compartilhe.

Amando se aprende de amor, parafraseando

Amor não é por encomenda, nem por barganha, nem por crédito. Requintado em sua simplicidade, amar não é breve. Amor não é parcelado, mas também não se tira em casa lotérica. Não aposte no amor como quem lança sorte no bingo ou compete a cavalgadas. Não espere uma carta de crédito, um testamento, uma cobertura... Continuar Lendo →

a bailarina e a caixa

Gira a bailarina na caixinha em seu mesmo eixo sobre sua rígida perna ao som da regra em seu círculo dentro do círculo. Salta, bailarina! Se liberta dos dedos e escolhas alheios que lhe consentem a corda e a tampa aberta. Quebre a regra, flexibilize a perna, corra o risco, deixe a caixa vazia.  Leva... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑