De sobremesa e relação

Temos o péssimo hábito de esperarmos que nossas relações sejam um pavê de bombom. Queremos rápido descartarmos o ácido, o amargo, o cítrico… somos ávidos em desejarmos o outro ao nosso paladar, sem dificuldades.

Mas fato é, o outro tem dificuldades, nós temos dificuldades, e tudo isso faz parte! 

– Mas eu não gosto de pavê de limão.

Então não opte pelo pavê de limão, nem se cobre a limonada. Aceite afinidades e possibilidades. 

– Então eu vou morrer de solidão?

Claro que não! Maracujá, abacaxi, cupuaçu… Se permita fluir com os açucarados azedinhos que mais afinam com seu lado baunilhado, que também tem seu lado azedo ou amargo.

Sobretudo, se deixe evoluir pelo que lhe trazem as estações…

Talvez, para dois pavês autênticos se encontrarem com efeito de bombom, seja apenas preciso a aceitação do todo das essências, e a disponibilidade ao encontro dos ingredientes. Ou seja, esse mexer das colheradas de amor.

http://crisebecken.com

DE SOBREMESA E RELAÇÃO
Temos o péssimo hábito de esperarmos que nossas relações sejam um pavê de bombom. Queremos rápido descartarmos o ácido, o amargo, o cítrico… somos ávidos em desejarmos o outro ao nosso paladar, sem dificuldades.
Mas fato é, o outro tem dificuldades, nós temos dificuldades, e tudo isso faz parte! 
– Mas eu não gosto de pavê de limão.
Então não opte pelo pavê de limão, nem se cobre a limonada. Aceite afinidades e possibilidades. 
– Então eu vou morrer de solidão?
Claro que não! Maracujá, abacaxi, cupuaçu… Se permita fluir com os açucarados azedinhos que mais afinam com seu lado baunilhado, que também tem seu lado azedo ou amargo.
Sobretudo, se deixe evoluir pelo que lhe trazem as estações…
Talvez, para dois pavês autênticos se encontrarem com efeito de bombom, seja apenas preciso a aceitação do todo das essências, e a disponibilidade ao encontro dos ingredientes. Ou seja, esse mexer das colheradas de amor.
http://crisebecken.com
Quer conhecer mais sobre si mesmo e se melhorar para escolhas e combinações? 

Conheça as técnicas de autoconhecimento do Instituto Ráshuah:
http://www.rashuah.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s