Nós que aqui ficamos, por nós nos transformamos.

A vida é um cadência de saltos, sobressaltos, reposicionamentos. Respiro longo e breve, suspiro profundo do agora. Uma sucessão finita de portas e janelas, que escolhemos quais abrir, quais que se fecham, por quais entramos. Logo ali, por garantia única de quem vive, o silêncio cardíaco que nos encerra e leva à balança, o que fizemos e o que “ganhamos”.

Há quem viva competindo com a vida, distribuindo pontapés e solavancos a seus ciclos. Há quem tema por demais seu rítmo respiratório e teime apnéias sobre seus convites. Entre os que querem devorar a vida e os que se julgam capazes de refreia-la, o medo comum de quem não se sente hábil para navegá-la.

“A vida é uma só companheiro”, diria Vinícius. “Olha o mar não tem cabelos que a gente possa agarrar”, cantaria Paulinho. Fato é, a vida é de quem vive, e não há medida do correto no mundo que a possa abraçar. Se for olhar a vida como composição, só existe a harmonia que se escolhe redigir sobre o compasso do minuto na melodia do sentido.

Quem não corre, e quem não controla, escolhe ser em si a vida, e se imprimir inúmeras e inusitadas releituras. Quem vive se transforma, e ajusta o barco sobre as tonalidades que melhores lhe tocam. Disperso da platéia e do aplauso, músico entregue a si mesmo em seus minutos, explode em som a beleza de que o tempo é único, e não se pausa ou se consome, apenas se vibra e se reharmoniza.

Nós que aqui ficamos, nada mortos de sentidos, nos transformamos na pauta da vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: