De metáfora e melodia 05

A gente é como um instrumento. Desafina, afina, ganha uns arranhados, tem o poder de um som cheio, desafia quem manuseia, precisa de cuidado… A gente é só instrumento, e somos apenas som em possibilidade. A gente muda, e muito, na variação rítmica do tempo da vida. O repertório muda. As durações mudam. Os exercícios mudam. As dificuldades mudam. Os quereres mudam. Os gostos mudam. As escolhas mudam. Os arranjos também. E a gente segue sendo só instrumento e som em possibilidades, mas o único sentido permanece sendo ser tocado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: