Conselho dado

Repara, flor, demolições descontroem as fronteiras

para lá onde o norte brota

o sol do sentido.

Ouça, flor, um pulso de força erguendo

nutrido de bem-querer, unguento,

intenso farol de liberdade.

Seja, flor, a dança sincopada

que trança sonhos e verdades

em seu fértil tempo enraizado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: