Norte

Sonhos pequenos, de valores imensos,

sonhados a conta-gotas,

buscados por uma vida toda,

tantas vezes negados, estradas.

Somos tão pequenos, e o céu tão largo…

atalhos que nos encontram de volta,

sinais, placas, insights,

uma pequena concha pelo mar deixada,

uma noite inteira em afago de presságio,

para que o sol reaqueça no peito

como quem diz rezando:

sonhos foram feitos para serem realizados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: