Mini Crônica do Real 1

Eram dois fortes competidores. Um se engrandecia de suas dores. Outro se engrandecia de sua falta de dores. Disputavam em linha tênue revezada. Um forte demais por fraco. Outro fraco demais por forte. Veio uma forte tempestade. Enquanto os dois desmanchavam-se em poças lado a lado, passou um terceiro levando a frente algo que não se sabia ao certo o quanto era chama, o quanto era sangue, o quanto era ferida em brasa, o quanto era luz que se transformava.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: