Desmato

Humano mundo na pira famintado contra-natural,árido, infecundo,farpudo atrito do um a umcapital;pesa o coração, o estômago,tem pressa de preço que a vida endivida,tem sede de terra, frieza de sobremesa,assim por isso descurativo.Por vezes dá mesmo preguiça,de difícil digestivoo humano de descuido que incendeiae devora achando que respira.

Jangadeiro

Velho dragão d'água, guru de aldeia distante, quando havia seca, chamava todos ao pé de solitária árvore e pedia que com sonhos bons a regassem. Certa vez José, que ali assim estava, derramou uma lágrima pensando no que sempre desejou e nunca concretizara. O dragão, embravecido cuspiu intenso mar ilhando a aldeia. Aldeão outro estupefato... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑