Insights Itinerantes 15

No simples, está tudo sendo dito:

sinais, metáforas, silenciosas epifanias.

Viver foge a métrica. Nada se sabe o que virá,

do percalço, do calçado, do passo dado.

Se o universo conspira, há de se saber

ler na entrelinha, desenquadrar a mágica

inspirar os sentidos.

Na brisa, chega o suspiro,

doce, intensamente doce, com seu dito:

segue o passo, atravessado o precipício

o amor repousa em alinho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s